Diretoria (2017-2018)

Silvio de Almeida Carvalho Filho (UFRJ)

Presidente

 

Alexandre Almeida Marcussi (UFMG)

Vice-Presidente
 

Alexsander Lemos de Almeida Gebara (UFF)

Secretário Geral

Flávia Maria de Carvalho (UFAL)

Suplente de Secretário Geral


Washington Santos Nascimento (UERJ)

​Tesoureiro

Luena Nascimento Nunes Pereira (UFRRJ)

Suplente de Tesoureiro

Fábia Barbosa Ribeiro (UNILAB)

Silvio Marcus de Souza Correa (UFSC)

Tatiana Raquel Reis Silva (UFMA)

Conselho Fiscal

Jefferson Olivatto da Silva (UNICENTRO/PR)

Maria Crisitina Wissenbach (USP)

​Suplentes do Conselho Fiscal

Diretoria (2015-2016)

Maria Cristina Wissenbach (USP)

Presidente


Luena Nascimento Nunes Pereira (UFRRJ)

Vice - Presidente

 

Alexandre Ribeiro (UFF)

Secretário
 

Silvio de Almeida Carvalho Filho (UFRJ)

Suplente

 

Lucilene Reginaldo (UNICAMP)

Tesoureira
 

Fernanda Thomaz (UFJF)

Suplente


Jefferson Olivato da Silva (UNICENTRO/Paraná)
Viviane Barbosa (UFMA)
Fabia Barbosa (UNILAB/Bahia)

Conselho Fiscal

 

Larissa Gabarra (UNILAB/Ceará)
Marcelo Bittencourt (UFF)

Suplentes

História

 

Durante o XXVII Simpósio Nacional de História, da ANPUH, realizado em Natal, em julho de 2013, e por ocasião da assembleia do GT Nacional de História da África, foi discutida a proposta de criação de uma Associação de Estudos Africanos, de caráter nacional, que abrigasse pesquisadores, docentes e interessados em geral de todas as áreas relacionadas aos estudos sobre África. Naquela ocasião ficou definido que a reunião para efetivar sua constituição dar-se-ia durante o III Encontro Internacional de Estudos Africanos da UFF (Niterói/RJ), previsto para setembro de 2014.

 

Assim foi feito: em 19 de setembro do corrente ano e com a presença dos participantes do evento foi realizada a assembleia de formação da associação. Nela foram aprovados os estatutos e foi eleita a primeira diretoria da Associação Brasileira de Estudos Africanos – ABE-ÁFRICA, com sede e foro na Universidade de São Paulo, onde funcionará sua Secretaria Administrativa.


Pelos estatutos ficou estabelecido que a ABE-ÁFRICA será uma associação profissional independente, sem fins lucrativos, aberta a todos os estudiosos sobre o continente africano, de quaisquer disciplinas acadêmicas e/ou interesses profissionais. Seus objetivos vêm ao encontro das características de nosso campo de trabalho e de formação, sobretudo por se constituir matéria interdisciplinar e por atender as demandas trazidas pelo crescimento exponencial da área. Esse crescimento foi motivado pela conjunção de diferentes fatores: desde os aspectos legais que colocaram em evidência os estudos africanos e afro-brasileiros, aos relacionados às políticas públicas e aos movimentos sociais de afirmação da identidade e dos valores históricos da população afrodescendente no Brasil, suas relações com o continente africano e com a luta contra o racismo e outras formas de discriminação. Em outras palavras, a criação da associação é decorrência dos compromissos que estabelecemos desde 2011, ano da criação do GT História da África da ANPUH, no sentido de consolidar os estudos africanos no Brasil em seus sentidos mais largos.​

Documentos 

 

Estatuto

Atas das assembleias

Outros documentos 

Lista de Filiados 

Objetivos

 

a) Promover a pesquisa acadêmica em todas as áreas e disciplinas relacionadas aos estudos das sociedades africanas.

b) Incentivar a cooperação internacional e facilitar o intercâmbio de ideias e diálogo entre pessoas e instituições envolvidas na investigação sobre as sociedades africanas;

c) Incentivar a publicação e divulgação de trabalhos acadêmicos e artísticos, de estudos africanos e assuntos relacionados, bem como de fontes primárias;

d) Organizar reuniões, encontros e conferências sobre Estudos Africanos em âmbitos regionais, nacionais e internacionais;

e) Promover e estimular a troca de informações e reflexões sobre aspectos de interesse histórico, cultural e contemporâneo sobre a África;

f) Representar a comunidade dos afiliados perante instâncias administrativas, legislativas, órgãos financiadores e planejadores, entidades científicas e/ou acadêmicas;

g) Promover uma rede de pesquisadores interessados no ensino de História da África e afins;

h) Estabelecer parcerias, intercâmbio e convênios com entidades nacionais e internacionais, que tenham com objetivos afins;

 

Filiados
  • Atualizado em 05/04/2018

  • Validade da anuidade  até março de 2019

   * Clique aqui 

© 2016 por Washington Santos Nascimento 

SIGA-NOS:

  • w-facebook
  • Twitter Clean
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now